Aprenda Tudo Sobre Fluxograma de Processo

Processos podem ser complexos e, consequentemente, difíceis de descrever. Pensando em solucionar essa questão, desenvolveu-se o fluxograma de processo. É uma representação gráfica que descreve todos os passos ou etapas, de maneira sequencial.

O mais interessante desse tipo de ferramenta é que ela pode ser aplicada não somente na indústria, mas em organizações de qualquer segmento. Muitos acreditam que o fluxograma de processo é, inclusive, uma das ferramentas de qualidade.

Quando utilizar um fluxograma de processo?

Existem várias situações possíveis em que um fluxograma de processo pode ser aplicado. Veja:

  • Entender como um determinado processo funciona;
  • Planejar um processo;
  • Estudar um processo, a fim de identificar e implementar possíveis melhorias;
  • Comunicar outros sobre o funcionamento de um processo;
  • Otimizar a comunicação daqueles envolvidos no processo.

É preciso frisar que, além de melhorar a compreensão, acaba também facilitando a consulta na hora de tirar dúvidas sobre o assunto, pois tornam a descrição mais visual e intuitiva.

Como fazer um fluxograma de processo?

A estrutura de um fluxograma de processo é composta, essencialmente, por uma relação de início, meio e fim. No início e no fim temos os extremos daquele processo, exatamente onde começam e são finalizados. O segredo está no meio, pois é ele que compõe o processo em si, ou seja, todas as atividades que são necessárias para que possa ser executado com excelência.

Porém, é fundamental realizar um estudo profundo sobre cada uma das atividades determinadas, com o objetivo de compreender a relação entre elas. Muitas vezes, no meio do caminho, são identificados fatores problemáticos ou novas etapas que não haviam sido percebidas antes.

Se não houver essa análise prévia, o fluxograma pode acabar tornando-se pobre, confuso, sem objetividade e, o pior de tudo, sem nenhuma funcionalidade. Por isso, o primeiro passo para a realização de um fluxograma de processo de excelência é o estudo de quais etapas serão desenhadas e a sequência existente entre elas.

Caso tenha se interessado por esse artigo, acesse o blog da Murrelektronik! Nós temos artigos novos todas as semanas para você se manter sempre informado e a par das novidades do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *