Cabos Injetados na Indústria: características, vantagens e desvantagens

Em posts anteriores nós já abordamos diversos assuntos relacionados a cabos e conectores para a indústria, agora quero falar um pouco sobre características e vantagens na utilização dos cabos injetados como, por exemplo, economia, padronização, disponibilidade, facilidade na utilização etc.

Mas antes de falar sobre as principais vantagens é importante salientar que quando optamos por comprar rolos de cabos e conectores avulsos nós temos que considerar alguns pontos importantes para este processo, os principais pontos são:

Armazenamento; nós sabemos que um rolo de 100 metros ou 500 metros de cabo ocupa um espaço relativamente grande em um almoxarifado e que além das bobinas de cabo ainda precisamos também contar com a logística e espaço de armazenamento dos conectores. Cá entre nós, hoje em dia ninguém está a fim de ter grandes espaços físicos para armazenamento de materiais, então este é um ponto muito importante a ser levado em consideração na hora da decisão de qual produto utilizar.

Tempo de montagem; falando de uma aplicação onde serão utilizados muitos cabos com conector tipo M8, M12, 7/8, conector de válvula etc, temos que considerar o tempo de montagem.

No post que fizemos sobre conectores de válvula (leia sobre conectores de válvula) nós contamos quanto tempo que se gasta para montar um único conector e o resultado foi expressivo, em média demoramos 5 minutos e 47 segundos na montagem, ou seja, para montar 20 conectores de válvula (considerando montar um depois do outro sem pausas) demoraríamos quase 2 horas. Nesse tempo o montador poderia estar trabalhando em outros pontos importantes.

Além dos conectores de válvula ainda temos os conectores de sensor que geralmente são a maioria numa aplicação, se estivermos falando de conectores de 4 polos a montagem pode se tornar um pouco mais ágil, porém se estivermos falando de 8 polos daí a  montagem se torna bem mais complexa e o tempo de montagem aumenta consideravelmente. Lembrando também que tempo é dinheiro!!!

Erros são possíveis; quando temos muitos conectores para montar manualmente os erros podem acontecer com frequência. Nos primeiros conectores a nossa atenção costuma estar bem aguçada, porém depois de algumas dezenas de conectores e a repetição do processo nós costumamos perder a concentração e os erros se tornam iminentes, o maior problema é que a maioria dos erros só serão percebidos depois que o cabo já foi instalado e a máquina já está na fase do start-up. Pois é, um erro simples de montagem que pode tornar um atraso de vida no momento crítico do processo de fabricação da máquina.

Custo; se o assunto é custo, também vale salientar que o montante gasto para a montagem do conector ou dos conectores também é maior do que comprar o cabo injetado. Temos que levar em consideração o valor do metro do cabo (cabos de sensores ou válvulas podem passar de 10 metros facilmente), e também levar em consideração o valor de 1 ou 2 conectores dependendo de qual foi o conceito escolhido para a instalação da máquina (leia sobre conceitos de instalação).

Agora sabendo destes importantes pontos relevantes, podemos falar um pouco sobre as características e vantagens de se usar conectores injetados.

 

Por que devo utilizar cabos injetados?

Podemos listar diversos benefícios de se utilizar cabos com conectores injetados, mas sabemos que o maior concorrente desse sistema tem diversos pontos contra, porém a comodidade de não precisar especificar o comprimento dos cabos com exatidão é que faz com que os cabos injetados acabem sendo subutilizados.

Simples e confiável; decapar fio, montar terminal, conectar em bornes, identificar cada parte é coisa do passado. Hoje em dia, mais do que nunca, tempo é dinheiro e quanto mais rápido montarmos uma máquina, melhor!

Quando utilizamos cabos e conectores injetados nós deixamos para trás todo cabeamento complicado de uma instalação e consequentemente estamos muito menos propensos a falhas.

Outra grande vantagem de se utilizar os cabos injetados é que eles são 100% testados de fábrica, portanto os erros de montagem ou problemas intermitentes de mal contato não são mais um problema.

 

 

Conceito de Instalação

Caixa com cabos

Instalação

Instalação de Cabos nos Módulos

 

Praticidade; hoje podemos encontrar cabos com conectores injetados para diversas aplicações, seja aplicação padrão ou alguma aplicação onde requer produtos dedicados.

Há uma diversidade grande de conectores M8, M12, M23, 7/8, conectores de válvula etc que com certeza vai se encaixar em qualquer demanda da indústria.

Agora imagina qual é a probabilidade de ocorrer uma falha de conexão quanto utilizamos centenas de ligações feitas por bornes?

E o pior é que essas falhas por muitas vezes são falhas intermitentes e a manutenção pode demorar horas procurando por esta falha, ou seja, o diagnóstico é muito complicado. Imagina quanto tempo se perde com máquina parada por uma causa de uma falha que podia ser facilmente evitada. Quando utilizamos cabos injetados estas falhas praticamente não existem mais e um diagnóstico local pode ser feito através de um LED.

Padronização; a indústria adota alguns padrões quando o assunto é conectividade, seja para cabos de sensor, atuador, rede entre outros. Hoje também já é possível encontrar cabos de várias cores diferentes, materiais diferentes, conexões diferentes. Tudo depende do que você precisa para a sua instalação. Um bom exemplo que podemos citar são os conectores que garantem a conexão IP67 com apenas ¼ de volta. Para quem busca produtividade da equipe de montagem visando uma fabricação mais ágil esta é uma excelente opção para adotar como padrão

 

Cabo com Conector

Cabo com Conector

Robusto; quando o assunto é conexão nós sempre buscamos confiabilidade. Como já abordamos no início do texto, numa aplicação existem centenas ou milhares de pontos de conexão, se tivermos problemas de confiabilidade nestas conexões isso irá resultar em uma máquina pouco confiável. Quando falamos de cabos injetados nós estamos falando de conexão robusta e confiável com grau de proteção IP65/IP67 ou até IP69K dependendo da necessidade. Estes graus de proteção são suficientes para atender praticamente toda a demanda da indústria

Economia; Depois de todas estas características e vantagens que acabamos de abordar podemos fechar falando em economia.

Se pensarmos em uma instalação padrão onde utilizaríamos caixa de passagem. Temos que considerar todo o custo do material (bornes, terminais, fiação, identificação, caixa IP67 etc), além disso adicionaríamos o serviço dessa montagem, caso seja feita em terceiros, caso contrário temos que considerar o tempo que demoraria para a confecção deste “kit”. Depois disso vem o tempo de montagem que é o mais crítico. Fizemos este estudo e chegamos na seguinte conclusão:

Para uma aplicação considerando 64 pontos digitais nós teríamos 717 pontos de conexão por bornes. Se considerarmos que o tempo de conexão em um borne é 120 segundos (levamos em consideração a decapagem do fio, colocação do terminal e conexão no borne por parafuso) o tempo total de montagem seria de 1304 minutos.

Para a mesma aplicação considerando os 64 pontos digitais, porém agora considerando a montagem com o conceito de instalação todo em IP67 (leia mais sobre conceitos de instalação) teríamos um total de 117 pontos de conexão. Se considerarmos que o tempo de conexão com conectores M12 injetados é de 10 segundos cada, o tempo total de montagem seria de 32 minutos.

Esta redução colocada no papel faz uma grande diferença na hora de calcular a produtividade de toda a equipe de montagem, além da redução do tempo de montagem, tem o projeto elétrico que fica mais simplificado, a administração de compra de materiais, pois haverá uma redução no número de artigos a serem comprados e um equipamento com uma maior confiabilidade. Tudo isso é custo benefício, pois no final das contas teremos mais economia com uma maior tecnologia.

Gostou desse post? Se tiver alguma dúvida sobre a aplicação desse produto, clique no botão baixo e preencha o formulário que ficarei feliz em poder te ajudar.

Até o próximo post

Se o botão não estiver funcionando Clique Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *