Curto-circuito iniciando incendio

Curto-circuito pode se tornar um incêndio?

O que é um curto circuito elétrico?

Quando o circuito pode se tornar um incêndio? O curto-circuito ocorre quando há uma passagem elevada de corrente elétrica em um circuito que não esteja preparado para receber tal carga. Um exemplo prático é quando se coloca um fio metálico em uma tomada: o resultado é um curto-circuito que pode tanto gerar faíscas, estrondos e até explosões caso a carga seja de um nível muito alto.

Vale ressaltar que o curto-circuito é um dos principais causadores de incêndios em instalações elétricas mal elaboradas ou mal conservadas. Normalmente, erros de dimensionamento e fios desencapados são os maiores provocadores de curtos-circuitos em ambientes industriais.

 

curto 3

Esta imagem ilustra como sobrecargas e curtos-circuitos podem ser perigosos em sistemas e instalações, caso não estejam bem protegidas

Como evitar o curto circuito?

A instalação com fusíveis e com disjuntores em locais com corrente elétrica elevada é uma prática comum para evitar curtos-circuitos. Os disjuntores merecem certo destaque por possuir um papel importante na detecção de falhas, funcionando basicamente como interruptores automáticos que evitam curtos-circuitos quando dimensionados corretamente.

 

Uma maneira simples de evitar um curto-circuito é não sobrecarregar um só circuito, fazendo a melhor separação possível das cargas garantindo uma seletividade para o sistema. Quando a separação dos circuitos não é feita de forma seletiva, deixando altas cargas em um único circuito, o risco de curto-circuito aumenta consideravelmente podendo danificar componentes e até mesmo causar faíscas e incêndio.

 

curto 2

O curto circuito é resultado de uma elevada passagem de corrente elétrica em um circuito que não está preparado para isso, resultando em dissipação instantânea de energia.

Como identificar um curto-circuito?

Sabe aquele cheiro de queimado que não sabemos de onde vem? Este é um forte indício de curto-circuito elétrico. Para identificar outros sinais, preste atenção em fios desencapados e com aspectos de velhos.

Uma boa dica é realizar manutenções periódicas de toda a parte elétrica. Técnicos especializados podem identificar com facilidade os pontos sobrecarregados, falhas não perceptíveis, além de toda a fiação desgastada. Evitar o curto-circuito pode significar segurança e tranquilidade para todos os usuários, além do aumento significativo da produtividade da máquina.

Já sabemos como evitar e como identificar um curto circuito. Mas como se determina a corrente de um curto circuito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *