É possível alcançar eficiência energética na indústria

“Quem sair por último, desliga a máquina!!” Essa frase é muito conhecida nas nossas casas, certo? A preocupação pelo uso consciente da energia elétrica é um tema comum nas nossas vidas, seja por questões financeiras como por questões ambientais. Mas, não deveríamos também buscar maior eficiência energética na indústria?

Eficiência Energética na Indústria

A indústria é a maior consumidora de energia elétrica do país, responsável por 30% de toda a eletricidade produzida no Brasil. Máquinas e equipamentos nos processos industriais estão à todo momento produzindo ou preparados para produzir. A questão é, o quanto destas máquinas e equipamentos precisam realmente estar energizados e “em estado de alerta”? Será que a tecnologia de automação não pode ajudar neste sentido?

Proporcionando seletividade energética

Não vamos aqui ficar discorrendo sobre a importância de CLPs e outros controladores industriais. A questão é que estes cérebros de máquinas não são utilizados na sua condição máxima e isso não é diferente quando falamos de eficiência energética na indústria.

Quando falamos de seletividade energética estamos justamente apresentando a possibilidade de dividir as cargas de corrente contínua de tal forma que componentes, dispositivos e partes da máquinas sejam energizados separadamente. Desta forma, somente o que precisa ficar “em alerta” consumirá energia durante maior tempo.

Vantagens de usar equipamentos que permitam esta seletividade:

  • Queda no consumo de energia elétrica – Permite desligar partes da máquina que não estiverem em uso;
  • Aumento da vida útil dos componentes – Redução de curto circuitos e outras falhas elétricas;
  • Diminuição da temperatura ambiente – Componentes mais preparados para regimes intensos de energia elétrica.

O que fazer para alcançar?

O que você precisa para conseguir alcançar a eficiência energética na indústria:

  • Usar fontes de alimentação em corrente contínua que suportem carga extra no momento de acionamento;
  • Fontes de alimentação DC que também tenham boa dissipação de calor e proteção contra ruídos eletromagnéticos;
  • Usar equipamentos, geradores de calor como Fontes, Inversores, etc, com a maior eficiência possível.
  • Componentes de proteção de linha corrente contínua com monitoramento feito pelo CLP;
  • Dispositivos que permitam o acionamento da linha de alimentação corrente contínua direto pelo CLP.

Venha conosco nesta oportunidade

Nossos consultores e especialistas estão a sua disposição para demonstrar como é possível fazer a seletividade de painel e alcançar a eficiência energética na indústria.

Se o botão não estiver funcionando Clique Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *