Terceiro Meetup de Automação – Redes Industriais

A apresentação desta vez foi conduzida brilhantemente por José Carlos Rago. Com décadas de experiência na indústria, apaixonado por Interbus e outras redes industriais, extremamente didático e filosófico. Ele nos guiou com vídeos, slides e muita conversa através da estória da automação, CLP e redes de campo.

Redes Industriais. O que são? Como surgiram? Pra que servem?

Para alinhar os conhecimentos, o Rago esclareceu o que é uma rede para o público de automação. Segundo o palestrante, alguns “pobres coitados” poderiam, ao escutar rede, pensar em praia, descanso, esportes. Mas não um profissional de automação industrial. Nós sabemos que redes industriais são protocolos usados para que controladores, sensores e atuadores troquem dados de forma confiável com o objetivo de supervisionar ou controlar plantas industriais.

Conversamos sobre o Modbus RTU, uma das primeiras redes industriais. Falamos também sobre as redes industriais que dominaram o mercado por bastante tempo como Profibus, DeviceNet, CanOpen, ASi. Neste ponto o Rago deu grande destaque para o Interbus, rede desenvolvida pela Phoenix na década de 80, que foi homologada pela Volkswagen e teve grande repercussão (O Rago foi um dos principais divulgadores da tecnologia na década de 90).

Falamos também das redes industriais em ethernet ou ethernet industrial que estão aumentando gradativamente sua penetração no mercado. Ethernet/IP, Profinet, EtherCAT e Modbus/TCP.

Como curiosidade abordamos redes industriais menos conhecidas dos fabricantes de máquina como Enocean, Dali, Fieldbus Fundation, Hart, Lonworks, Mbus, Bacnet, KNX, entre outras.

Ao final, nosso herói ainda apresentou io remotos (importantes dispositivos que se comunicam em rede) de diversos fabricantes como Murrelektronik, Wago, Backhoff, Comtrol, Siemens, Turck, Bihl+Wiedemann, Lumberg, entre outros.

A busca de conhecimento não para! Vamos agendar um novo encontro?

Conforme decidido no último encontro, convidamos alguns outros fornecedores para participarem. Westcon (Paolo), Finder (Camila), Tecservice (Douglas) e MatrikonOPC (Adriano), conheceram o propósito da nossa comunidade e gostaram. Mesmo assim continuamos a procurar outros parceiros.

Foi discutida também a possibilidade de se realizar eventos fora da Murr, a Ahoy Berlin São Paulo (Espaço de Coworking próximo da Praça Panamericana) disponibilizou o local.

Depois desta reunião, acredito que a indústria brasileira ficou um pouquinho mais produtiva e com isso nossa comunidade, ao invés de esperar a crise passar, ao invés de pedir ajuda do governo, está melhorando o Brasil com as próprias ações. Até a próxima!

Clique abaixo para baixar a apresentação, ter os contatos do Rago (fique a vontade para ligar, mandar email, contratá-lo, etc.), e os link do vídeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *