entenda como a indústria 4.0 exigirá um novo profissional

A Indústria 4.0 Exigirá um Novo Profissional, Sabe Qual é?

Os  processos desencadeados pela indústria 4.0 trouxeram mudanças não apenas à cadeia produtiva, mas também para as relações de trabalho. Esse acontecimento criou a necessidade do profissional adequar-se à nova realidade do mercado. Ou seja, nesse momento é essencial que se intensifique a busca por elementos diferenciadores e por especialização para atender às exigências.

A indústria 4.0 exige um novo profissional, com um perfil que vai além das capacidades técnicas essenciais. É preciso também desenvolver competências de gerenciamento e análise para guiar o processo de produção das novas “fábricas inteligentes”.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo este artigo!

 

Entenda por que a indústria 4.0 exige um novo profissional

 

A transformação do processo de produção é o grande motivo que explica a necessidade de um novo perfil de profissional. No entanto, existem outros fatores por trás da busca por uma mão de obra cada vez mais qualificada. Afinal, as “máquinas inteligentes” e robôs não seriam capazes de substituir o trabalho humano?

A automação industrial e o desenvolvimento da internet das coisas transformou o processo produtivo, Assim, é possível assistir ao aumento da eficiência produtiva, redução de perdas e a mudança do papel do funcionário dentro da cadeia de produção. Contudo, o profissional ganha uma nova função, que segue a tendência de gerenciar, monitorar e desenvolver sistemas que possibilitam uma operação cada vez mais eficiente e assertiva.  

No entanto, a necessidade de adaptação à urgência criada pela indústria 4.0 exige um profissional capacitado para trabalhar junto à essa nova dinâmica de produção.

 

Características necessárias para o profissional da indústria 4.0

 

Além de estar aberto às transformações, o profissional da indústria 4.0 precisa buscar por qualificação. De acordo com uma pesquisa realizada pela Roland Berger, nos próximos 20 anos existirá uma escassez de mais de 200 milhões de profissionais qualificados e especializados para atender a demanda exigida pelo novo perfil de indústria.

Para atender à deficiência das indústrias, o profissional deve focar em uma formação mais ampla, que envolva tanto conhecimentos técnicos, como gerenciais e analíticos. Algumas das características essenciais aos funcionários no contexto da indústria 4.0 são:

 

Formação multidisciplinar

A formação que ultrapassa as barreiras técnicas e acadêmicas é essencial para a construção do profissional com entendimentos amplos e diferenciados. O conhecimento multidisciplinar também está associado ao desenvolvimento de ideias inovadoras e que proporcionam melhorias de resultados.

 

Flexibilidade

A indústria 4.0 exige um novo profissional que seja flexível às mudanças e alterações de funções. É importante que o funcionário consiga facilmente se adaptar às diversas atividades simultâneas, ao processo produtivo e ainda consiga lidar com a interligação dos equipamentos.

 

Senso Crítico

O profissional da indústria 4.0 não será apenas parte do processo produtivo, principalmente quando sua função demandava a realização de movimentos repetitivos e sincronizados à linha de produção. O funcionário precisa possuir capacidade analítica, associar dados e utilizá-los para realizar uma tomada de decisão.

Gostou deste artigo? Confira mais em Murreletronik!

Facebooktwitterlinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.