conheça as diretrizes da indústria 4.0

Como a Indústria 4.0 Afetará a Automação Industrial

A indústria 4.0 tem como objetivo englobar um modelo de produção focado em inovações tecnológicas, promovendo a automação industrial para que a produtividade aumente e a qualidade seja mantida. Os processos produtivos podem se tornar mais eficientes, customizáveis e independentes.

O conceito industrial 4.0 surgiu a partir do desenvolvimento de estratégias de produção projetadas por parte do governo alemão. A utilização do termo começou a ser empregada em 2011 na Feira de Hannover.

Princípios da Indústria 4.0

 

Para o desenvolvimento e capacitação dos processos de produção inteligentes junto ao conceito da Indústria 4.0, surgiram as ideia da Internet das Coisas e o Big Data. O primeiro conceito pretende estruturar a comunicação entre objetos físicos à rede mundial de computadores. A partir da interação e por meio de sensores, será possível coletar informações de maneira automática.

Já quando falamos em Big Data, abordamos a questão do grandioso volume de dados gerados e transmitidos. Como seria possível armazená-los? A possibilidade de mantê-los e compartilhá-los por meio de sistemas de nuvem e a facilidade de customização torna possível desenvolver um amplo banco de informações.

Além dos novos conceitos relativos à Internet das Coisas e ao Big Data, alguns fatores são essenciais para a concretização dos processos criados com o advento da Indústria 4.0. São eles:

  • operações rápidas e instantâneas;
  • uso de máquinas inteligentes e interconectadas à cadeira de produção;
  • virtualização dos processos produtivos;
  • descentralização da produção;
  • flexibilização e customização  nos processos produtivos.

 

As mudanças geradas pela Indústria 4.0

 

As tecnologias de comunicação, sistemas de informação avançados e a integração entre a realidade e o virtual trouxeram mudanças representativas aos processos industriais. Sem dúvidas, por meio da criação das “indústrias inteligentes”, com o desenvolvimento de cadeias produtivas automatizadas e investimento em tecnologia, é possível observar a redução de custos de produção e a diminuição de perdas. Fora isso, a possibilidade de prever falhas, agendar e automatizar a ocorrência de processos que antes eram realizados de maneira mecânica, gera considerável economia de tempo.

Além dos benefícios gerados às grandes indústrias, a automatização produtiva tende a influenciar no mercado de trabalho. A tendência criada pela indústria 4.0 fará com que atividades realizadas manualmente, sejam automatizadas por máquinas, fato que pode acarretar na perda de postos de trabalho. Dessa forma, a realidade aponta para  valorização de profissionais com capacidades estratégicas, principalmente relacionadas aos processos de gestão e tecnologia de informação.

Gostou deste artigo? Comente e fique sempre atento às matérias da Murrelektronik!

Facebooktwitterlinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.