Causa Raiz — Como Descobri-la?

Causa Raiz — Como Descobri-la?

Por sua complexidade geral, a produção no chão de fábrica pode passar por diversos problemas. Independentemente do setor da indústria ou de serem atrelados a máquinas ou processos, é certo afirmar que cada um possui uma causa raiz a ser descoberta.

Entender e perceber a causa inicial de um problema é extremamente necessário para compreender sua posterior solução e, então, praticá-la. Leia mais sobre isso no artigo a seguir!

Como descobrir a causa raiz de um problema?

A causa raiz de problemas é algo muito discutido quando o assunto é o controle de processos industriais. Sendo assim, muitas maneiras de encontrá-la foram criadas e difundidas ao longo do tempo, cada uma com suas particularidades e aplicações mais efetivas.

Apesar de eficientes, as ferramentas para descobrir as causas dos problemas não tornam isso exatamente fácil, mas geram uma linha de pensamento que pode ser essencial para a solução, ainda que tardia, de um defeito ou equívoco no fluxo de produção.

Veja alguns exemplos:

Os cinco porquês

Criada por volta de 1930 pelo “pai da revolução industrial” Sakichi Toyoda, a técnica dos cinco porquês foi fundamental para a descoberta da causa raiz de muitos problemas na época do auge do Sistema Toyota de produção.

Trata-se de convocar uma reunião com os principais membros do conselho ou gestão e, ao apresentar o problema, começar a se perguntar a respeito dele. Acredita-se que cinco perguntas serão necessárias para chegar à causa, mas às vezes é preciso estender um pouco mais.

Imagine, em uma situação simples, que seu problema envolve a falha no encaixe de tampas de um devido produto:

por que as tampas não encaixam? R: Ela não rosqueia até a base;
por que ela não rosqueia até a base? R: Parece que algo a impede de rodar após algumas voltas.
por que algo a impede de rodar? R: Aparentemente a rosca termina;
por que a rosca termina antes do tamanho da tampa? R: Ela parece ser menor do que a tampa.
por que a rosca é menor do que a tampa? Resposta final (causa raiz): A tampa foi comprada do tamanho errado.

Diagrama de Ishikawa

Também conhecido como espinha de peixe, o diagrama de Ishikawa (causa e efeito) é uma das principais maneiras de se chegar à causa raiz de um problema. Ele é uma ferramenta da qualidade que, por meio de um panorama gráfico, permite entender as nuances de um problema por sua setorização.

Ideal para problemas mais abrangentes, é necessário dividir o desenho em seis “M”s:

  • método;
  • máquina;
  • meio-ambiente;
  • mão-de-obra;
  • medida;
  • matéria-prima.

Diante disso, para cada M se coloca uma possível causa, que deverá ser considerada efeito para outra possível causa e assim sucessivamente, até que se atinja a causa raiz em alguma das categorias.

Gostou de saber mais sobre como descobrir a causa raiz de seus problemas? Mais artigos como esse você encontra no blog da Murrelektronik!

Facebooktwittergoogle_pluslinkedin
  1. Ronaldo Rios

    Muito boa a matéria da indústria 4.0 que recebi por e-mail.
    Estou a 32 anos na área industrial, e vi a indústria estagnar , no clp da Siemens e A&B.
    Precisamos de uma revolução, mas precisamos de investimento em manutenção.
    Para isso precisamos de uma economia forte.
    Os métodos de causa raiz, param quando precisam de investimento para solucionar os problemas.
    Infelizmente a manutenção e oal necessário nas indústrias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.