Como Encontrar um Curto-circuito em uma Máquina Industrial?

Como Encontrar um Curto-circuito em uma Máquina Industrial?

Antes de saber como encontrar um curto-circuito, primeiro é preciso entender o que é, quando e como ele acontece. Primeiro é preciso compreender que, se acontecer, não é preciso fazer alarde. O curto-circuito é o problema que mais ocorre em todos os tipos de instalações elétricas.

Em suma, ele acontece quando o 24V entra em contato direto com o 0V, seja diretamente no cabo ou internamente em algum componente. A intensidade da energia ocasionará uma falha em toda a instalação, logo, tudo aquilo que está conectado à esta fonte, automaticamente parará de funcionar.

Afinal, como encontrar um curto-circuito?

Para saber como encontrar um curto-circuito, primeiro é preciso identificá-lo. Existem algumas maneiras diferentes de descobrir:

  • pelo cheiro de queimado — para descobrir a região de onde o curto vem;
  • manchas pretas, com aparência de queimado;
  • energia caindo de maneira constante e sem explicação aparente;
  • queda de disjuntor;
  • queima de fusível.

Basta procurar por algumas dessas características para saber se aconteceu mesmo um curto-circuito. Descobrir exatamente de onde ele é proveniente é, porém, uma tarefa relativamente mais complicada. É importante cortar o fornecimento de energia do local antes de realizar qualquer tipo de procedimento.

É preciso examinar todos os fios. Se houver fios desencapados, essa pode ser a razão do curto-circuito. Se o cabo estiver danificado, também é preciso realizar a troca. É preciso testar os fusíveis para ver se estão em boas condições. Lembre-se de que, se você não for um eletricista, contate um antes de realizar qualquer tipo de procedimento perigoso.

Como evitar o curto-circuito?

Agora que você já sabe como encontrar um curto-circuito, é hora de aprender como evitar o acontecimento de um.

  • jamais improvise fiações;
  • ao notar o aquecimento exagerado de maquinários, contate a assistência técnica;
  • tenha os disjuntores em dia;
  • sempre verificar a compatibilidade das tensões;
  • faça manutenções elétricas a cada cinco anos, no máximo;
  • fique atento à oscilações de energia;
  • utilize cabos curtos;
  • utilize módulos de IO que detectem o curto.

Para ler mais conteúdos como este continue acompanhando o blog da MurrElektronik!

 

Dicas infalíveis para reduzir custos com automação em máquinas. Cadastre-se!

 

Facebooktwitterlinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.