Grau de Proteção

Qual o grau de proteção você deve especificar para sua máquina?

Precisa-se de proteção! Poeira e líquidos tem atormentado a minha máquina!

Está com dificuldade para especificar o grau de proteção (IP) de sua máquina? Antes de tudo, vamos aprender um pouco mais sobre o que é o grau de proteção e as suas classes, pode ser neste ponto que estejam as suas dúvidas, permita-me mostrar a você e boa leitura!

Por onde começar?

Quando você vai à praia e precisa definir um fator de proteção para a sua pele em exposição ao Sol, você consulta um dermatologista, uma tabela ou a embalagem dos protetores para escolher o melhor para você. Pois bem, quando estamos falando sobre como definir o grau de proteção (índice de proteção ou IP) em máquinas, a diferença é que nós da área técnica seremos os dermatologistas e não os usuários. Porém, a boa notícia é que assim como no protetor solar, nós também temos uma tabela para consultar, porém no nosso caso é a IEC 60529, conforme abaixo:         

índice de proteção ou IP

índice de proteção ou IP

  

Reunindo informações…

A primeira coisa que precisamos ter em mente é: qual é o tipo de ambiente em que a minha máquina será instalada? Esta pergunta é de suma importância na hora da especificação, pois podemos cometer um grave erro ao olhar apenas para a presença de sólidos (poeira, resíduos, sobras de processos) e líquidos (água, óleo, tinta), esquecendo-se de dois fatores importantes: a presença de choque mecânico e o tipo de líquido que poderá contaminar os componentes.

Em aplicações de empresas mineradoras, por exemplo, o ambiente é tão agressivo, que os componentes do circuito precisam estar confinados em painéis elétricos, independente do grau de proteção elevado, devido ao risco de choque mecânico e pela presença de minério na água que pode dificultar o acesso aos componentes, após estar seco. Outro exemplo são as indústrias de agronegócio, comidas e bebidas, que além de utilizarem componentes com o mais alto grau de proteção, ainda precisam ser compostos por aço inoxidável, devido ao grande risco de contato com diversos tipos de líquidos.

 Eu preciso usar o mesmo grau de proteção para o sistema inteiro?

É extremamente normal, se fazer esta pergunta, pois sempre ao projetar uma máquina, buscamos sempre o melhor custo benefício possível e quando falamos em produtos com um alto grau de proteção pensamos em algo caro, portanto eu vou te dar um conselho que eu poderia até vendê-lo de tão bom, coloque o tempo de montagem na conta. Estamos acostumados a definir o grau de proteção nos baseando apenas nas áreas críticas da aplicação e no custo imediato, em outras palavras: “Eu só compro porque eu preciso”. O que eu faria? Eu faria um layout da máquina separando cada uma de suas partes pelo grau de proteção mais adequado e faria duas cotações com o meu fornecedor:

  • Uma com predominância de produtos com baixa proteção e produtos com alta proteção em locais críticos;
  • E outra cotação com predominância de produtos com alta proteção e produtos com baixa proteção, apenas onde fosse realmente indispensável.

Paralelamente a isso, eu verificaria os meus gastos com tempo de montagem, tanto em horas quanto em reais, quanto tempo eu vou conseguir reduzir do meu tempo de montagem utilizando soluções com alto grau de proteção, quanto é a multa por atraso descrita no contrato com o meu cliente e qual foi o prejuízo que a minha empresa teve ao longo dos anos. No final, vamos perceber que uma solução com alto grau de proteção, não é tão cara quanto aparenta.

 Já fiz tudo isso, mas continuo tendo problemas.

Se você seguiu todos os passos descritos acima e os seus problemas com o grau de proteção ou de funcionamento ainda persistem, assim como na famosa chamada no final de comerciais de medicamentos: “Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.” Procure o fabricante do equipamento ou uma consultoria técnica, pode ser algum detalhe simples na aplicação do produto, como uma tampa ou um detalhe no aterramento, que eles por terem um know how maior em relação ao produto, poderão auxilia-lo para que você possa aproveitar o máximo possível da sua solução.

Despeço-me, desejando que você tenha tido uma leitura agradável e que tenha agregado para o seu conhecimento, nos vemos em meu próximo texto, e se precisar de alguma informação estamos a disposição, apenas preencha o formulário abaixo que entraremos em contato o mais breve possível!

Se o botão não estiver funcionando Clique Aqui!

Facebooktwitterlinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.