A Segurança de Dados na Indústria 4.0

A Segurança de Dados na Indústria 4.0

Dados nunca foram tão importantes quanto no momento atual da indústria. Nas mais diversas facetas, proteger as informações coletadas para que não sejam perdidas ou até mesmo utilizadas de maneira prejudicial é primordial. Apesar de já ser um tema recorrente na tecnologia da informação, a segurança de dados é um assunto relativamente novo para automação.

Primeiro é preciso compreender que a Indústria 4.0 está diretamente ligada ao big data, um volume incrivelmente alto de dados que é coletado de todos os processos e atividades. Como proteger uma quantidade tão grande de informações?

Recapitulando a Indústria 4.0

Além de estar ligada ao big data, a Indústria 4.0 também está relacionada à conexão e geração de dados permanente entre diferentes máquinas. Quanto mais conexões, maior será a vulnerabilidade dos dados. Essa questão pode se tornar um problema, principalmente se considerarmos também a integração constante com a rede mundial de computadores.

Como os dados vão além dos limites da indústria, podem acabar fugindo do controle. É possível que mesmo que você classifique um dado como não sigiloso, caso ele caia em mãos erradas, possa causar um impacto negativo tremendo. Os serviços de cloud, que também são intrínsecos à Indústria 4.0, abriram novas margens para vulnerabilidades ainda maiores.

Como fazer a segurança de dados na indústria

Para entender como fazer a segurança de dados, primeiro é preciso compreender que a segurança da informação é como se fosse uma cebola, formada por camadas. É preciso um plano global para ser possível dificultar ao máximo o acesso daqueles que não contam com as permissões necessárias.

Deve-se, ainda, dividir os mecanismos de segurança em duas frentes: controles físicos e controles processuais. Algumas opções são:

  • criptografia de dados;
  • autenticação de acesso;
  • assinatura digital;
  • isolamento de ativos;
  • segurança perimetral da planta;
  • definir adequadamente Políticas de Segurança da Informação;
  • implementar uma zona desmilitarizada;
  • usar honeyspot.

É imprescindível compreender que sempre será possível aprimorar os seus processos. É preciso estar constantemente analisando riscos e criando cenários para manter-se seguro.

Para se manter sempre atualizado sobre as novidades do segmento continue acompanhando o blog da Murrelektronik!

Facebooktwittergoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.