entenda como a indústria 4.0 exigirá um novo profissional

Você sabe o que é OPC UA?

Um dos termos mais discutidos atualmente no mercado de automação industrial, é a Indústria 4.0. Dentro deste conceito é comum ouvir falar da tecnologia OPC UA.

Mas, afinal, o que é essa tecnologia e como ela impactará na ascensão da indústria 4.0?

Para descobrir, lhe convido para um mergulho mais profundo nesta tecnologia.

Um pouco de história

O OPC UA é uma sigla que significa plataforma de comunicação aberta de arquitetura unificada, do inglês Open Platform Communications Unified Architecture. Embora esteja acontecendo um “hype” com essa tecnologia atualmente, ela não é tão nova assim.

Foi lançado inicialmente em 2008, tratando-se de uma variante do OPC clássico, mantendo todas as suas funcionalidades. Porém, em um único framework, o que explica o termo “Unified Architecture”. Em outras palavras, pode-se dizer que esse protocolo foi uma forma aprimorar o OPC.

Como funciona o OPC UA?

Pode ser entendido como um padrão de comunicação com foco em lidar com dados diversos em uma arquitetura baseada no modelo de cliente-servidor.

Com uma vantagem importante em relação aos outros protocolos industriais disponíveis, trata-se de uma rede que foi desenvolvida pensando em segurança da informação ou cyber security.

Além disso, permite maior flexibilidade na montagem da arquitetura, tendo em vista que ele não depende de um fabricante/fornecedor específico por ser um protocolo aberto de comunicação.

OPC-UA e a Indústria 4.0

O OPC UA tem tudo a ver com Indústria 4.0. Está diretamente relacionado administração e disponibilidade de informação.

Atualmente, as redes industriais mais difundidas foram preparadas para trabalhar em ambiente de chão de fábrica e não em nuvem. Elas são excelentes para os níveis de controle e supervisão, porém ainda deixam a desejar quando o assunto é a manipulação de diversos dados de forma segura.

É nessa “deficiência” que o OPC UA ganha espaço nas aplicações. Embora não tenha o objetivo de substituir as redes industriais atuais, está pronto para a administração de dados de forma segura.

Apesar do OPC UA ser excelente para lidar segura com os dados adquiridos em campo, ainda se faz necessária a utilização dessas redes industriais. Serão elas que irão adquirir os dados da aplicação para que o OPC UA possa disponibiliza-lo de forma segura através de uma rede maior (internet) ou mesmo através de um serviço de nuvem.

Ou seja, eles funcionam de forma complementar. Por isso, é tão importante para este momento de revolução no campo da indústria.

O que podemos esperar para o futuro?

Para aqueles que já conhecem ou já utilizam o OPC UA, muito se fala sobre o crescimento dessa rede. Já existem muitas aplicações rodando ao redor do mundo utilizando os protocolos industriais tradicionais, como o Profinet, Profibus e Ethernet/IP,.

O objetivo é que o OPC UA funcione como uma ponte entre o chão de fábrica e os sistemas da informação.

Existem pesquisas para desenvolver uma nova versão do OPC UA.
Ela não irá somente administrar os dados, mas também fazer a sua aquisição em campo. Mesmo assim é possível que ainda levará alguns anos de testes até que essa tecnologia chegue esse patamar.

Eu espero ter contribuído para o seu conhecimento, por favor deixe o seu comentário abaixo e até o meu próximo post!

Facebooktwittergoogle_pluslinkedin
  1. Marcos Gil

    Olá Henrique excelente artigo, gostei muito saber sobre essa integração dos protocolos industriais com o sistema de nuvens de forma segura por essa plataforma OPC UA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.